Boa noite.

É tarde.
A selva de concreto vai se iluminando.
Agora, há mais uma certeza: a noite vai chegar.
Os raios do sol já perderam força... Eles não invadem mais a janela...
A sala foi ficando fria.
Lá longe, vê-se uma lâmpada sendo acesa. Uma mais...
O céu é uma mistura de rosa e azul.
Dá vontade de lembrar das outras tardes...
Dos outros céus coloridos.
Bem devagarzinho, vai anoitecendo...
Não há mais o rosa no céu.
Agora, da janela, é como ver centenas daquelas luzes de natal.
...
Anoiteceu.
E eu fiquei, aqui, esse tempo todo... Só pra ver estrelas.

1 comentários:

luciana disse...

Poooxa Blodi,agora eu fiquei ''coisadinha'' =~~

Postar um comentário